• Curta no Facebook!

 

 

Empresas Coligadas

 

 

 

Notícias

 

Coronavírus: informação é palavra chave no combate à disseminação

25/3/2020 - Revista Apólice - Nicole Fraga

Compartilhe:

 

Durante webinar realizado pela Aon, especialistas debateram sobre como uma pandemia pode afetar os negócios e quais métodos devem ser adotados para que as empresas sofram menos impacto financeiro.

EXCLUSIVO – Para passar mais informações e orientações sobre o coronavírus (covid-19) e como uma pandemia pode impactar as pessoas e os negócios, a Aon realizou um webinar na tarde do dia 18 de março, com o tema “Covid-19: mitos, fatos e respostas para a sua saúde, dos seus colegas e da sua empresa”.

O encontro virtual contou com a participação de Paulo Jorge, vice-presidente executivo de Saúde e Benefícios da consultoria; Violetta Ostafin, CEO de Health Solutions da América Latina; Marco Túlio, diretor médico da empresa; e Rodolfo Milani, consultor médico da companhia e especialista em promoção da saúde.

Pensando em melhor orientar seus clientes, a Força-Tarefa de Resposta a Doenças Infecciosas da empresa estabeleceu um site com informações para auxiliar as organizações na criação de uma resposta a doenças infecciosas, ajudando também no planejamento de possíveis impactos que as companhias podem enfrentar e que acabem afetando seus funcionários e as comunidades nas quais operam.

Segundo a Pesquisa Global de Gerenciamento de Riscos 2019 feita pela empresa, os entrevistados classificaram a interrupção dos negócios como risco #4, falha na cadeia de suprimentos como #20, ausência dos funcionários como #32 e riscos de pandemias/crises de Saúde como #60.

Mesmo com os empresários enxergando pandemia como um risco distante de sua realidade, é possível que as organizações estejam preparadas para enfrentarem a situação em que o mundo se encontra.

De acordo com Milani, o momento agora é de manter a calma e seguir as orientações recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), bem como das entidades governamentais locais. “Não devemos entrar em pânico, mas é fundamental que a população esteja consciente e não subestime o vírus. Se cada um de nós brasileiros fizermos a nossa parte, é possível que o País não sofra tanto quando a China ou a Itália e o nível de disseminação do covid-19 seja controlado”.

As doenças infecciosas podem ter graus variados de impacto nas organizações, baseadas principalmente no setor industrial em que operam. Por isso é importante que as empresas busquem entender como o coronavírus pode afetar o capital humano e os aspectos operacionais específicos de sua companhia.

Para Marco Túlio, a disseminação de informações corretas sobre a doença é a palavra-chave para o combate ao vírus. “Toda corporação consome informações em uma variedade de canais, como imprensa, redes sociais etc. É importante que elas tenham um plano de comunicação dedicado para as partes interessadas, internas e externas, garantindo assim que os colaboradores e suas famílias estejam protegidos”.