Mídias Sociais

  • Curta no Facebook!
  • Siga-nos no Twitter!

 

 

Empresas Coligadas

 

 

 

Notícias

 

O seguro viagem cobre apenas problemas de saúde?

2/5/2018 - Revista Apólice

Compartilhe:

 

Coberturas abrangem extravio de bagagem, cancelamento de voo, retorno inesperado ao domicílio, com acompanhamento médico, entre outras coisas.

Existe uma dúvida muito recorrente do viajante, principalmente quando ele contrata um seguro viagem. A apólice cobre apenas problemas médicos, como se fosse um plano de saúde para a viagem? A resposta simples seria não.

O seguro viagem possui diversas coberturas, o famoso “Multirrisco”. Dentro de um plano você encontra coberturas para diversas situações, sendo elas relacionadas à bagagem ou até mesmo algum problema emergencial de saúde durante a viagem, sem falar das coberturas que começam a valer até mesmo antes da viagem, como é o caso da cobertura para o cancelamento de viagem. Também é oferecido na maioria dos produtos do mercado uma central de assistência 24 horas, respaldando os turistas um em sua língua nativa. Imagine perder o passaporte em um país estrangeiro ou não saber para onde se dirigir caso precise de um atendimento médico. Essa central terá todas as respostas.

A questão da cobertura médica durante a viagem gera outras dúvidas comuns como: devo contratar seguro viagem para o Brasil? Em quais países a contratação é obrigatória?

Bem, a contratação do seguro viagem no Brasil é fundamental, pois mesmo que o seu plano de saúde tenha cobertura nacional, você pode ter outros problemas como extravio de bagagem, cancelamento de voo ou até necessitar de um retorno especial ao seu domicílio, com acompanhamento médico.

Na Europa, a contratação é obrigatória por lei e você pode ter problemas se não tiver seguro viagem. A exigência surgiu, pois os países perceberam que os viajantes utilizavam a rede pública de atendimento, deixando por lá valores em aberto que por consequência acabavam onerando os cofres públicos. Por isso, passaram a exigir a contratação do turista.

Já nos EUA, a conta é simples. Os medicamentos e o atendimento médico e hospitalar no país norte-americano são muito caros. Ao contar com um seguro viagem, você garante que não terá problemas e também garante uma economia. É matemática pura.