Mídias Sociais

  • Curta no Facebook!
  • Siga-nos no Twitter!

 

 

Empresas Coligadas

 

 

 

Notícias

 

Seguro de crédito ainda é pouco explorado e pode ser oportunidade para o corretor

28/9/2017 - Comunicação Sincor-SP

Compartilhe:

 

A parceria entre as Comissões de Crédito e Garantia da FenSeg, Sindseg SP e do Sincor-SP, resultou no I Workshop Seguro de Crédito, realizado no dia 25 de setembro, em São Paulo. O treinamento abordou as características do produto, além de ressaltar as vantagens para os corretores de seguros que desejam atuar no ramo.

De acordo com o coordenador da Comissão do Sincor-SP, Edmur Almeida, o papel do grupo é levar conhecimento aos corretores interessados no segmento. “Enquanto Comissão, temos dois objetivos: avaliar e ajudar no desenvolvimento dos produtos das seguradoras, e promover treinamentos como esse, que estimulem o corretor a aprender e investir em outros ramos”, completa.

Representando o presidente do Sincor-SP, a 2ª vice-presidente, Simone Martins, ressaltou o incentivo ao empreendedorismo praticado pela entidade. “É nosso dever levar conhecimento ao corretor de seguros. E, com esse Workshop, pretendemos estende-lo aos profissionais em todo Estado, realizando o treinamento nas regionais do Sincor-SP”, declara.

O seguro de crédito surgiu no Brasil na década de 90, com o surgimento de seguradoras estrangeiras. Desde então, o segmento não consegue crescer mais do que 10% ao ano no País. No entanto, o cenário econômico desfavorável ajudou a dar visibilidade e gerar maior interesse na contratação do seguro.

A vice-presidente da Comissão de Riscos de Crédito e Garantia da FenSeg, Cristina Rocco Salazar, afirma que, pela falta de cultura do seguro no Brasil, a maioria dos segurados são multinacionais. “Apesar disso, a procura pelo seguro tem aumentado bastante por conta da estagnação econômica. É preciso aproveitar o momento de perda das empresas para oferecer o produto. São quando elas sentiram mais necessidade da proteção”.

Marcele Lemos Ferreira, membro da Comissão, explicou as características do produto, ressaltando que o público-alvo são empresas com faturamento a partir de R$ 800 mil e atuantes nos mais diversos ramos. A executiva ainda destacou as vantagens na contratação do seguro. “Além da proteção do seguro, as companhias também oferecem um serviço de consultoria, que auxiliam as empresas a escolherem melhor os investimentos”, explica.