Mídias Sociais

  • Curta no Facebook!
  • Siga-nos no Twitter!

 

 

Empresas Coligadas

 

 

 

Notícias

 

Projeto Lutando pela Vida do 1° BPM da PMES

5/9/2017 - Site www.sincor-es.com.br

Compartilhe:

 

LUTANDO PELA VIDA é um Projeto Cívico Social da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo com o intuito de aproximar crianças e jovens de comunidades em vulnerabilidade social. Atualmente funciona nas instalações do DPM do bairro da Penha no 1° Batalhão e tem como proposta tornar Policias Militares referências para os jovens dessas localidades, uma vez que os laços familiares por vezes são frágeis e desajustados. O projeto tem na  prática de artes marciais o potencial de gerar curiosidade e interesse  destes pequeninos na faixa dos 7 aos 17 anos.

O Comandante do 1° Batalhão, Ten Cel José Augusto Píccoli de Almeida, informa que dessa forma, “ações de caráter de aproximação positiva da PMES com a comunidade, principalmente envolvendo jovens, reforçam a ideia de que um trabalho preventivo possa vir a diminuir, no longo prazo, o trabalho repressivo da Polícia”. A aproximação desses jovens junto à Escola, à Família e à Polícia Militar é possível, pois a orientação em busca de melhorar o processo de ensino aprendizagem e disciplina proporcionará melhorias na qualidade de vida .

Tornar a Polícia Militar uma referência, exercendo aproximação das crianças e seu grupo familiar, bem como promover a integração social, disciplina e respeito é incentivar a luta por um futuro melhor, revelando  novas perspectivas de vida. Desenvolver o espírito esportivo, o trabalho coletivo e a forma física é o melhor caminho para a mudança de comportamento através do esporte. O Ten Cel Augusto declara que “proporcionar uma atividade para preencher o tempo é não deixar os jovens ociosos e vulneráveis à criminalidade”. O projeto atende hoje aproximadamente 180 crianças e suas famílias e já apresenta resultados bastante significativos. Com muito trabalho e esforço, o aluno Leonardo Teotônio Lopes, 15 anos, foi campeão estadual na categoria de 54 a 57 quilos, amador juvenil e o aluno Victor Prezilius Vasconcelos, 19 anos, também conquistou o primeiro lugar na mesma categoria de peso, na faixa-etária adulto do Campeonato Estadual da Federação Capixaba de Muay Thai e Muay Boran (FCMM) no final de agosto. Tamanha dedicação fez com que os dois alunos garantissem vaga numa etapa do Campeonato Brasileiro em Ouro Preto, Minas Gerais, no final do ano.

Nossos leitores puderam atestar que nossa Polícia Militar não é apenas repressiva, mas também responsável por proporcionar aos jovens carentes, neste caso especifico, residentes/moradores do Bairro da Penha, um dos mais perigosos de nossa Capital, ações voltadas para a comunidade como um todo.

É de conhecimento de nossos leitores a parceria existente entre o SINCOR-ES e a POLICIA MILITAR, especialmente com o Comandante do 1º Batalhão, Ten Cel PM QOC José Augusto Piccoli de Almeida, responsável por manter a lei e a ordem em nossa Capital.

Havendo interesse em participar desta corrente do bem, basta que faça contato com o SINCOR-ES através do e-mail presidencia@sincor-es.com.br.

SINCOR-ES

PRESIDENCIA